O Governo Brasileiro criou um programa social chamado Cadastro Único, com o intuito de ser o principal método de acesso a famílias de baixa renda ou extrema pobreza no Brasil. Com o CadÚnico, o Governo tem acesso a informações sobre renda, educação, residência e mais.

É através do Cadastro Único que famílias podem se inscrever para receber benefícios como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros. O Governo Afirma que há cerca de 51,4 milhões de pessoas cadastradas no programa.

Cadastro Único
Como se inscrever no Cadastro Único

Leia: Calendário do 13º do Bolsa Família

Como se inscrever no Cadastro Único?

Inicialmente, é necessário que a família tenha um único membro para se cadastrar no Cadastro Único como Responsável Familiar, ou RF. Essa pessoa pode ser, de preferência, mulher e precisa ter idade mínima de 16 anos. Ela será sempre a responsável por prestar todas as informações e dados sobre a família.

O RF deve ir até um setor responsável pelo Cadastro Único na cidade à qual reside.  Se não houver esse setor próximo da residência da família, é necessário procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

No CRAS ou setor responsável, o RF irá apresentar os documentos e realizar o cadastro, seguindo as recomendações do profissional que atendê-lo.

Quais são os documentos que são necessários para realizar o cadastro?

Se algum dos membros da família não possuir documentos, será necessária a realização de uma entrevista com o profissional do CRAS, que irá encaminhar os indivíduos para órgãos responsáveis pela retirada dos documentos.

Para famílias que não sejam indígenas ou quilombolas, são necessários os seguintes documentos para se inscrever no Cadastro Único:

  • CPF ou Título de eleitor do Responsável Familiar; Certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, RG, carteira de trabalho ou Título de Eleitor dos membros familiares.

Para famílias que sejam indígenas ou quilombolas, são necessários os seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor ou Registro Administrativo de Nascimento Indígena do RF.

Alguns documentos para realizar o Cadastro Único não são obrigatórios, mas a apresentação deles pode facilitar o processo. São eles:

  • Comprovante de residência (É preferível a conta de luz), comprovante de matrícula escolar das crianças e adolescentes de 0 a 17 anos, carteira de trabalho dos membros da família.

Leia: Cadastro Único: Ao todo são 24 benefícios

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here