A Prefeitura de Curitiba anunciou, hoje, que a partir de segunda-feira, 29 de junho, começará a circular nas ruas curitibanas uma linha de ônibus exclusiva para os profissionais de saúde.

A iniciativa, segundo o presidente da Urbs (Urbanização de Curitiba), Ogeny Pedro Maia Neto, responsável pelo transporte público da capital paranaense, visa valorizar e apoiar os profissionais que se encontram na linha de frente ao combate contra a pandemia de Covid-19.

Leia também: Lockdown Curitiba: Movimento colhe mais de 15 mil assinaturas em favor do fechamento total

Expresso Exclusivo Saúde: Curitiba lança linha de ônibus exclusiva aos profissionais da saúde

O ônibus disponibilizado pela Urbs exclusivamente aos profissionais de saúde que atuam na capital curitibana começa a circular na segunda-feira.

Será apenas um veículo que, aliás, será do mesmo modelo tradicionalmente curitibano, o biarticulado. Além disso, o trajeto dele será aquele tradicionalmente realizado entre o terminal do Pinheirinho e a Praça Rui Barbosa.

O valor das passagens, por outro lado, continuam as mesmas. Assim, o profissional de saúde deverá pagar R$ 4,50 por viagem.

Curitiba: Linha de ônibus exclusiva para profissionais de saúde é anunciada pela Prefeitura; Entenda
Curitiba: Linha de ônibus exclusiva para profissionais de saúde é anunciada pela Prefeitura; (Imagem: ND)

Os horários da linha também são limitadas e condizem apenas a dois horários por dia em cada um dos terminais, ou seja, dois para saída do Pinheirinho e dois para saída da Rui Barbosa. Enquanto os primeiros correspondem aos horários de 6 h e 7 h, os do segundo tipo são às 18 h e 19 h.

Portanto, os horários do Expresso Exclusivo Saúde de Curitiba são bem limitados, assim como o trajeto abarcado. Entretanto, segundo Ogeny Maia Neto, o trajeto da linha de ônibus especial possui um grande contingente de hospitais, clínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

Dentre eles estão, por exemplo, os hospitais Santa Casa, do Trabalhador, do Idoso, Santa Cruz e Pequeno Príncipe.

Acesso ao ônibus especial deve ser acompanhada de comprovante de que o cidadão trabalha na área da saúde

Primeiramente, ressalta-se que a linha especial de ônibus de Curitiba não é limitada aos médicos e enfermeiros, pois também será dedicada a todos os demais funcionários que trabalham em unidades de saúde.

Assim, pessoas da área de limpeza, alimentação, atendimento e outros presentes nos hospitais, clínicas e UPA também poderão fazer uso da linha diferenciada.

Para tanto, contudo, será necessário que o indivíduo comprove que labora em uma dessas unidades. Para tanto, deverá apresentar crachá ou documento comprobatório que permitirá seu acesso ao ônibus.

Cabe ressaltar, por fim, que antes dessa medida os profissionais que prestam serviços em hospitais e outros estabelecimentos dedicados à saúde já tinham prioridade de acesso aos veículos.

Continue lendo: Curitiba Covid-19: Aplicativo permite denunciar aglomerações

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here