Comprar seu imóvel por consórcio ou financiamento? Entenda a diferença e qual é melhor

Depende se o plano de comprar casa é para agora ou para o futuro

São Paulo, sexta-feira, 17 de junho, por Cristiane Luzio Rodrigues – comprar imóvel é o sonho de muitos, porém se não estudar as alternativas, poderá se tornar um pesadelo no futuro; assim, se não puder pagar à vista, escolher entre financiamento ou consórcio é o primeiro passo. Atualmente a taxa básica de juros, a Selic, está em 13,25%, conforme última decisão do Banco Central, maior taxa desde 2016. Em consequência, os financiamentos ficam ainda mais caros, o que pode resultar no pagamento do valor equivalente a dois imóveis. Então, de acordo com cada objetivo pessoal, vale a pena pensar também em escolher por um consórcio.

Neste artigo, o Valor Diário lhe ajudará em sua decisão do sonho da casa própria. Antes de tudo, você deve saber as vantagens e desvantagens do crédito imobiliário e do consórcio. Embora tenham o mesmo fim, a aquisição de um bem patrimonial, são segmentos de mercado totalmente diferentes. Então, se está planejamento comprar seu imóvel, confira abaixo as vantagens e desvantagens de cada opção.

Leia também: NFT: entenda como funciona este mercado e como se proteger em jogos play-to-earn; confira

Comprar seu imóvel por consórcio ou financiamento Entenda a diferença e qual é melhor (imagem Canva)
Comprar seu imóvel por consórcio ou financiamento Entenda a diferença e qual é melhor (imagem Canva)

Entenda as diferenças entre consórcio e financiamento antes de comprar seu imóvel

Antes de tudo, estabeleça quais são os seus planos para o imóvel próprio, caso precise se mudar rápido, o consórcio não é para você. Pois, esta categoria se assemelha a um investimento a longo prazo, onde você resgata o valor somente após determinado período. Em suma, o consórcio ocorre quando uma administradora reúne pessoas com interesse em comum e passam a realizar pagamentos de valores fixos mensais. Desse modo, somente após se chegar ao valor do bem que poderá fazer a aquisição.

Ainda mais, ao contrário do financiamento, no consórcio não existem juros, somente pagamento de taxas, como taxa de administração. Já, no financiamento imobiliário, embora ocorra a aplicação de juros, o imóvel é entregue imediatamente à aprovação do crédito. Porém, diante do cenário atual da economia e a elevada taxa de juros, financiamentos se tornaram pouco atrativos e de difícil aprovação de crédito.

Confira mais: Confira aqui as melhores dicas para começar a vender na internet

Qual é o melhor?

Como falamos, vai depender muito do planejamento individual, mas tenha em mente que ambos cobram taxas, embora um menos que o outro. Ainda assim são mais onerosos do que pagar à vista.

Muitos optam por consórcios para tem aquele compromisso financeiro de pagar uma conta mensalmente e, ao mesmo tempo, ser uma forma de investir. No entanto, para aqueles que pretendem adquirir um imóvel para moradia própria, talvez não seja uma boa opção. Pois, como dito, somente poderá ter o bem após finalizar o pagamento do consórcio, o que pode demorar 20 ou 30 anos.

Contudo, vale a pena reavaliar todos os prós e contras para aquisição de um imóvel por financiamento ou consórcio. Principalmente se fará a aquisição como forma de investimento ou se utilizará para moradia própria.

Por fim, para ilustrar, assista este vídeo: “Casa de 400 mil! Consórcio ou financiamento? Isso ninguém te conta!”, do canal Me Poupe!, do YouTube.

Leia mais: Home office: confira aqui o que é e quais são as principais profissões

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.