FGTS para pagar parcelas da casa própria: entenda como acertar suas parcelas atrasadas do seu financiamento imobiliário

Veja aqui como pagar as parcelas atrasadas

Laguna, terça-feira, 3 de maio de 2022, por Vinícius Lima — Essa é uma dica muito importante, extraída de informações do site da Caixa, que podem te auxiliar muito. FGTS para pagar parcelas da casa própria: entenda como acertar suas parcelas atrasadas do seu financiamento imobiliário. Aqui no Valor Diário você confere essa e outras informações para ter uma vida cada vez melhor.

FGTS para pagar parcelas da casa própria: entenda como acertar suas parcelas atrasadas do seu financiamento imobiliário

A Caixa Econômica Federal, órgão responsável pela administração do FGTS, se pronunciou a respeito de como será o regulamento das regras envolvendo as contas do fundo de garantia. Em suma, os recursos do Fundo de Garantia serão sacados em parcela única, com o valor debitado disponibilizado para negociação de prestações em atraso.

Para isso, é necessário prestar atenção em algumas condições necessárias, das quais todo mundo precisa seguir e cumprir. Esses procedimentos são básicos e simples, mas qualquer dúvida poderá ser tirada pessoalmente em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Procedimentos necessários

O trabalhador que tiver interesse em quitar parcelas em atraso deverá procurar o banco responsável pelo financiamento habitacional. Ao procurar o banco, o mutuário deve assinar o documento de Autorização de Movimentação da Conta Vinculada do FGTS para abater até 80% de cada prestação, com o limite máximo de até 12 parcelas atrasadas.

O que deve-se prestar atenção é que esse procedimento só é válido para os imóveis que são avaliados em até R$ 1,5 milhão, com algumas restrições. Essas condições condizem com aqueles que usaram o saldo de alguma conta do FGTS para diminuir o saldo devedor e o número de prestações, pois não poderá usar o fundo para quitar prestações não pagas antes de finalizar esse intervalo. Além disso, o prazo é baseado na data da última amortização ou liquidação constante.

A Caixa, em nova versão do Manual do FGTS, deixou claro os critérios para fazer o saque. São os mesmos dos trabalhadores que usam o dinheiro do FGTS para financiar, comprar ou construírem a sua própria.

A contribuição mínima ao FGTS é de, pelo menos, três anos, em períodos consecutivos ou não. Além disso, não poderá ter outro imóvel no município ou região metropolitana onde trabalha, ou mora. Sem contar que não é possível ter outro financiamento ativo no SFH — Sistema Financeiro de Habitação.

Veja também: boas práticas para você guardar melhor seu dinheiro

Por fim, todos nós temos objetivos e metas. Se você deseja se tornar uma pessoa melhor para alcançar os seus sonhos, te recomendamos o vídeo abaixo do canal ‘IlustradaMente’, fundamental que certamente poderá te auxiliar para chegar até lá!

Veja também: Como é a mentalidade de quem quer prosperar? Elon Musk, dá conselho simples; confira

Além disso: Como conseguir emprestado até R$ 1000 através do Empréstimo Caixa Tem; confira agora

Por fim, você ainda pode conferir: Saque Extraordinário do FGTS: tudo o que você precisa saber

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.