INSS: novas regras para cálculo de aposentadoria por invalidez; entenda como ficará o seu benefício

Um trabalhador tem direito a essa aposentadoria desde que contribua para o INSS

Goiânia, domingo, 29 de maio, por Willames Sales – A aposentadoria por invalidez é um pagamento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para as pessoas que pararam de trabalhar por incapacidade. Porém, o contribuinte precisa de uma comprovação do médico perito. 

Entretanto, um trabalhador tem direito a essa aposentadoria desde que contribua para o INSS. Para isso, você deve ser empregado conforme as leis trabalhistas ou pagar a autonomia e, para saber mais, confira agora no Valor Diário.

Confira: inteligência emocional no trabalho, descubra o que é e como se destacar no seu emprego

O que é a aposentadoria por invalidez do INSS?

Esse benefício é dado aos trabalhadores que desenvolveram doenças ou sofreram acidentes durante o período de atividades profissionais. No entanto, a pessoa precisa ter contribuído, ao menos, 12 meses ao INSS.

INSS: novas regras para cálculo de aposentadoria por invalidez; entenda como ficará o seu benefício
INSS: novas regras para cálculo de aposentadoria por invalidez; entenda como ficará o seu benefício / Créditos de imagem pixabay

Porém, existem algumas exceções conforme a Lei 8.213/91 e, para isso, o contribuinte precisa manter o seu vínculo com o INSS. Assim, qualquer doença ou lesão devem acontecer após a primeira contribuição.

Leia também: comprar ações da Eletrobrás com FGTS? Conheça esta opção de usar seu saldo para investir

Entretanto, a pessoa precisa seguir algumas regras antes de pedir o benefício. Visto que, para comprovar a incapacidade, as doenças e lesões devem comprovar que uma pessoa não pode voltar ao trabalho.

Quais são as regras para pedir a aposentadoria?

O sistema previdenciário do país estabeleceu que, para um trabalhador pedir a aposentadoria por invalidez, deve se enquadrar nas seguintes situações:

  • estar afastado do trabalho por auxílio-doença;
  • comprovar a incapacidade;
  • ter contribuído 12 meses ao INSS.

Porém, a contribuição de um ano é isenta para os casos de doenças como tuberculose, hanseníase ou mentais. Além disso, se o trabalhador for empregado de uma empresa, deve estar afastado por 15 dias.

Todavia, o primeiro passo para o trabalhador pedir a aposentadoria por invalidez é agendar uma perícia médica no INSS. Contudo, se a perícia for aprovada, a pessoa poderá consultar as informações do benefício pelo telefone 135.

Conforme a matéria publicada por Felipe Oliveira no portal UOL, em fevereiro de 2022, a consulta pode ser feita pelo aplicativo do instituto, disponível para Android e iOS. No entanto, se o resultado da perícia for negativo, a pessoa pode agendar outra análise. 

Veja este vídeo, “Mudanças na Aposentadoria Por Invalidez 2022”,  do canal, “Drone Diário” do YouTube para saber mais detalhes.

Confira: boas corretoras de investimento para você começar a investir

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.