Leilões de imóveis com descontos de até 85%; entenda como funciona e como comprar

Comprar imóveis com valores extremamente abaixo do valor de mercado é atrativo, mas se deve ter atenção aos riscos

São Paulo, sexta-feira, 27 de maio, por Cristiane Luzio Rodrigues — Investir por leilões de imóveis pode ser uma alternativa para alta rentabilidade. Ou, até mesmo, para comprar seu primeiro imóvel. Porém, precauções importantes devem ser tomadas para que seu sonho não se torne pesadelo. Desse modo, embora os descontos sejam atrativos, se deve considerar todos os custos envolvidos, que, muitas vezes, são muitos.

Então, o Valor Diário mostrará quais são as regras para participar de leilões de imóveis e como evitar prejuízo em sua transação. Como, por exemplo, verificar todas as dívidas tributárias do imóvel e quais são os procedimentos para ter sua posse rapidamente. Ainda mais, macetes que especialistas do meio apresentam para facilitar as negociações.

Confira também: Magazine Luíza (MGLU3) busca novas estratégias após queda de 50% em suas ações; confira

Leilão de imóveis com descontos de até 85%; entenda como funciona e como comprar (reprodução Canva)
Leilão de imóveis com descontos de até 85%; entenda como funciona e como comprar (reprodução Canva)

Como saber quais são as regras destes leilões?

Primeiro, como todo leilão, é obrigatória a leitura minuciosa do edital, pois é nele que estão todas regras de participação e informações do imóvel. Ou seja, o edital é a “lei do pregão” e deve ser seguida nos seus exatos termos. Ainda mais, caso tenha qualquer dúvida, poderá contatar o leiloeiro oficial, ele tem a obrigação de lhe atender.

Como escolher o melhor leilão de imóveis?

Dentre as categorias de leilões de imóveis, os realizados por bancos são, em tese, os mais vantajosos. Neste ínterim, são àqueles casos em que as pessoas não pagam suas dívidas do financiamento imobiliário.

Em resultado, a financeira, para recuperar o dinheiro, retoma à propriedade do bem. Em consequência, o oferece ao mercado para, assim, ter devolva o valor perdido no financiamento. Contudo, diversas são as opções, como, por exemplo, leilões judiciais e leilões públicos.

Leia também: Veja as melhores opções de onde investir em 2022

Quais são os macetes para realizar um bom negócio?

Em suma, para adquirir imóveis por leilões deve-se ter em mente que não será possível, na teoria, visitar o bem. Em resultado, o adquirirá no estado em que se encontra, devendo arcar com todos os danos e encargos que eventualmente possuírem.

No entanto, vale a pena, antes de participar do certame, buscar informações mais detalhadas sobre o imóvel. Como, por exemplo, ir até o local e perguntar aos vizinhos sobre a casa, como são os atuais moradores, dentre outros. Assim, essa torna-se uma opção para não realizar o negócio tão as cegas.

Por fim, para exemplificar, ocorrerá leilão da Caixa Econômica Federal no dia 30 de maio. Neste será possível encontrar oportunidades de imóvel com até 85% de desconto. Conforme matéria de Fernanda Barros, publicada dia 25 de maio de 2022, no portal exame.

Para saber mais como funciona os leilões de imóveis, assista este vídeo: “Vale a pena comprar imóvel no leilão? Vantagens x Desvantagens”, do canal ‘EconoMirna’, do YouTube.

Veja também: Mega-Sena de R$ 65 milhões: bolada milionária faz apostadores ter estratégias para jogos; veja aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.