Como limpar o nome do Serasa e nunca mais se endividar; passos simples

Mude o jogo com dicas que ajudaram milhões de brasileiros

Laguna, terça-feira, 10 de maio, por Sara Araújo — Muitas pessoas possuem o nome sujo. O Serasa aponta cerca de 61 milhões de brasileiros, um número bastante alto. Como podemos resolver essa situação? Como limpar o nome do Serasa? É sobre isso que falaremos no post de hoje do Valor Diário.

Existem 4 passos simples para que seja possível limpar o nome para sempre! Isso vai ajudar as mais de 61 milhões de pessoas que estão com o nome sujo no Brasil. Se somarmos todas as dívidas que inadimplentes no Brasil, chegamos ao número de 274 bilhões de reais. Em média, são 4 dívidas por CPF.

Veja também: Alta Dos Juros; Como Reflete No Dinheiro Do Brasileiro? Entenda Como A Economia Afeta Seu Bolso

Como limpar o nome do Serasa e nunca mais se endividar; passos simples

TOP 10 profissões em alta que nunca desaparecerão do mercado; confira. Reprodução do Canva
TOP 10 profissões em alta que nunca desaparecerão do mercado; confira. Reprodução do Canva

A primeira coisa que você deve fazer é localizar todas as suas dívidas e chegar ao valor inicial que você estava devendo. Ou seja, se sua dívida saiu de 1 mil reais para 4 mil por conta dos juros, sua dívida inicial é de 1 mil reais. O que você deverá fazer é ir até à pessoa que na qual você deve e negociar a sua dívida, seja por telefone ou presencialmente. Veja quais são as opções que essa pessoa te dá.

Todo ano o Serasa oferece um feirão limpa nome do Serasa, podendo chegar até 95% de desconto com suas dívidas. É tudo online. Você parcela novamente e consegue juros mais baixos, refinancia a sua própria dívida, enfim. Clique aqui e você será direcionado para a página do Serasa onde aparecerá todas as empresas que você deve e quais são as negociações possíveis para que tudo fique em ordem.

Post em destaque: Como a alta de juros está aumentando o endividamento dos brasileiros? Confira dicas se livrar das dívidas acumuladas

O que fazer depois?

Mas tudo isso é somente o primeiro passo. É preciso pensar em não se endividar nunca mais. Como isso é possível? O primeiro passo é analisar se você terá condições de pagar a dívida renegociada, conferindo no extrato do banco quanto está sobrando.

A segunda coisa a se fazer é analisar se você tem condições de pagar a dívida inteira ou se você irá renegociar toda ela, essas parcelas deverão ser quitadas todos os meses. É por isso que é importante de se criar uma reserva de emergência, onde você poderá contar com um valor na hora do aperto.

Todos os meses precisa sobrar algum dinheiro para que possa ir até a reserva. No fim, procure deixar esse dinheiro da reserva investindo, para que ele parado possa te render mais dinheiro e trabalhe para você.

Muitas pessoas se perguntam o que podem fazer em momentos como esse. O foco sempre será em apontar para a solução e não para o problema. Uma das dicas do que podemos fazer e que vale a pena observar é o conhecimento. Nathalia Arcuri do canal ‘Me Poupe!’, por exemplo, deixou um vídeo, há 3 anos atrás, com 4 passos que ajudam qualquer pessoa a sair das dívidas. Vale a pena conferir, ele inspirou nosso post de hoje.

Por fim, veja também: Dividendos Petrobras (PETR4); confira as datas de pagamento e quanto irá receber por ação

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.