BDR; entenda como investir no mercado exterior através da bolsa brasileira de forma simples e prática

Acessível a todos brasileiros, até com pouco dinheiro, com BDR é possível investir das principais empresas listadas nas bolsas do mundo

São Paulo, sexta-feira, 6 de maio, por Cristiane Luzio Rodrigues — Brazilian Depositary Receipt (BDR) é um certificado de depósito com emissão e negociação diretamente na bolsa brasileira. Porém, representando as ações de bolsas internacionais. Como, por exemplo, Nasdad, dos Estados Unidos.

Assim, não é necessário abrir uma conta em uma corretora estrangeira, com toda aquela burocracia. Basta ter conta em uma corretora do Brasil e investir na bolsa de valores daqui. Então, o Valor Diário mostrará como é simples e fácil investir no mercado internacional através de BDR.

Leia também: Vale-Gás; veja calendário dos pagamentos que retomarão em junho

BDR; entenda como investir no mercado exterior através da bolsa brasileira de forma simples e prática (reprodução Canva)
BDR; entenda como investir no mercado exterior através da bolsa brasileira de forma simples e prática (reprodução Canva)

O que é BDR e como investir?

Em suma, são recibos que representam ações estrangeiras negociadas na Bolsa de Valores do Brasil. Desse modo, os investidores brasileiros também podem expor seu capital em investimentos internacionais sem qualquer burocracia. Ou seja, utilizar a sua corretora de valores, onde reúne todos os seus investimentos.

Anteriormente, somente era possui comprar ativos de BDR os investidores qualificados que possuíam mais de R$ 1 milhão aplicado. Porém, isso mudou recentemente, em dezembro de 2021; sendo possível, agora, que também pessoas físicas apliquem em algumas categorias de BDR’s.

Investir em BDRs é o mesmo que investir em ações estrangeiras?

Não! Os BDRs são títulos, também denominados como valores imobiliários emitidos no Brasil, porém com lastros em ativos estrangeiros. Ativos estes que, em sua maioria, são ações. Sobretudo, o investidor de BDRs não realiza diretamente a compra das ações, mas sim os títulos que a representam.

Confira também: Criptomoedas: como o investidor iniciante investe e como escolher a melhor? Entenda de vez aqui

Quais estão disponíveis na bolsa de valores brasileira?

Primeiro, existem duas categorias de BDRs: não patrocinados e patrocinados. Em síntese, os não patrocinados acontecem quando a emissão dos títulos não tem participação direta da empresa emissora das ações. Ou seja, quem emitiu o certificado é a responsável; sendo que, a maioria dos BDRs disponíveis na bolsa brasileira, são da categoria ‘não patrocinados’.

Ao contrário, os BDRs patrocinados são os títulos em que as emissoras das ações tem participação direta na emissão. Desse modo, é a responsável por contratar uma instituição depositária no Brasil para que, assim, esta emita os BDRs.

Contudo, investir em BDRs é mais uma maneira de diversificar sua carteira de investimentos. Aplicando seu dinheiro, também, no mercado internacional. Tudo isso de maneira simples e prática, diretamente na bolsa brasileira.

Por fim, para saber mais sobre BDRs, assista este vídeo: “Vale a pena investir em BDRs? Passo a passo para ser sócio da Amazon, Facebook e outras gigantes!”, do canal ‘Me Poupe!’, do YouTube.

Você também vai gostar: Renda Fixa: confira os principais erros dos investidores e como não perder dinheiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.