Casa Verde e Amarela; saiba quais são as regras do programa habitacional e quem pode participar; entenda

O programa Casa Verde e Amarela vida atender a população de baixa renda, veja aqui quais as regras e como participar.

Franca, quinta-feira, 19 de maio, por Sheila Sabatini – O programa Casa Verde e Amarela do governo federal visa atender, a população de baixa renda para que possa ter uma moradia própria, o programa do governo Bolsonaro, substituir o minha Casa Minha Vida do governo do PT.

A página Valor Diário vai trazer para você hoje de antemão, tudo sobre o programa do governo federal Casa Verde e Amarela, como se cadastrar, quem pode participar e quais as regras do programa.

Leia também: O que é o consórcio? Ele é a melhor opção para financiamento? Confira 

Casa Verde e Amarela; saiba quais são as regras do programa habitacional e quem pode participar; entenda - Reprodução Pixabay
Casa Verde e Amarela; saiba quais são as regras do programa habitacional e quem pode participar; entenda Reprodução Pixabay

Casa Verde e Amarela

Inicialmente o programa Casa Verde e Amarela do governo federal tem como objetivo ajuda a população de baixa renda a consegui a casa própria. Dessa forma, em 2022 o programa visa atender 1,2 milhão de pessoas, e contemplar a população urbana e rural das cidades. Além disso, o governo deve fazer várias linhas para contempla várias aéreas de financiamento.

Consórcio vale a pena? Veja como comprar imóveis com preço reduzido

Quem pode participar

Os requisitos para poder participar do programa são os seguintes:

  • ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • se estrangeiro, possuir visto permanente no país;
  • cadastro sem restrições;
  • capacidade econômico-financeira para pagamento da restrição mensal;
  • capacidade civil ou menor emancipado com 16 anos.

Com isso, pode participar do programa famílias com renda mensal de R$ 2.000 até R$ 7.000,00. Sendo assim, há três tipos de faixas definidas pela caixa de famílias que pode participar do programa que são:

  • renda de até R$ 2.000: nessa faixa o beneficiário terá a faixa de juros em 4,7% e um subsídio de até 47 mil, e terá 30 anos para pagar;
  • renda de até R$ 4.000: para quem tem renda de R$ 4.000 o subsídio para aquisição de uma casa no programa e de até R$ 29 mil;
  • renda até R$ 7.000: já para as famílias com até R$ 7.000 mil de renda mensal também há boas vantagens no programa.

Como se inscrever?

Para se inscrever no programa são necessários os seguintes documentos:

  • comprovação de Renda Feita (Holerite/Contracheque);
  • documentos de Identificação (RG E CPF);
  • comprovação de Estado Civil (Certidão De Nascimento Para Solteiros, Certidão De Casamentos Para Quem é casado e certidão de casamento averbada para divorciados);
  • comprovante de residência atual;
  • declaração de contribuição do imposto de renda, se necessário.

Sendo Assim, para poder participar do programa a pessoa devem ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, com todos os documentos em mãos.

Sendo assim, o Casa Verde e Amarela,  alcançou, em outubro de 2021, data da divulgação do último balanço, o número de 1,2 milhão de unidades entregues à população desde 2019, como afirma a matéria na página do Governo Federal Gov.br do dia 17 de janeiro de 2022.

Por fim, no vídeo do canal Jorge Oliveira primeiro imóvel e grande vitória, você poderá conferir mais informações sobre o programa Casa Verde e Amarela.

Você também pode gostar:Coisas que ninguém te contou (ainda) sobre consórcio; confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.