O uso da máscara em locais públicos de Goiânia, ficará mais rigoroso a partir desta segunda-feira (22). De acordo com novo decreto da Prefeitura da capital goiana, o descumprimento prevê multa de R$ 627,38.

Além disso, o documento estabelece por tempo indeterminado o uso obrigatório da máscara em todas as vias e espaços públicos, transportes coletivos, comércios, indústrias, e por fim, locais onde há prestação de serviços.

Leia também: Rotinas bancárias no Cariri mudam durante pandemia: veja as principais alterações

Fiscalização do uso de máscara será feita por agentes da Guarda Civil Metropolitana

Máscara
Foto: Freepik

De antemão, a fiscalização do uso obrigatário de máscara em Goiânia, será feita, portanto, por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

De acordo com Walison Moreira, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia, a obrigatoriedade é uma medida que vai reforçar o combate à pandemia do novo coronavírus em Goiânia.

“Já está comprovado que o uso, se feito adequadamente e por todos, e mantendo a distância de outras pessoas, diminui bastante o risco de contágio pelo vírus”. Afirmou o secretário.

Portanto, o cidadão goiano que sair sem máscara a partir desta segunda-feira (22), terá que reembolsar R$ 627,38. Medida bastante rigorosa, mas que condiz com o aumento do número de casos de Covid-19 em Goiânia.

Veja também: Como empresas do Cariri não interromperam vendas durante pandemia; confira

Novo decreto de Goiânia libera a volta de shoppings e comércios

Passa a valer também a partir da próxima segunda-feira (22), um novo decreto que libera a reabertura de comércios varejistas e atacadistas, shoppings, centros comerciais e profissionais liberais.

Apesar da liberação da reabertura dos shoppings centers, os cinemas deverão permanecer fechados. E as praças de alimentação só poderão funcionar no sistema “pague e leve”.

Além disso, as lojas da Região da 44 (grande polo de moda da capital) poderão voltar a funcionar no dia 30 de junho.

Bares, restaurantes e academias deverão aguardar novo decreto. Portanto, continuam fechados.

Por fim, leia também: Presidente do Bahia comemora MP que altera modelo de direitos de TV

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here