Combustível caro? Saiba por que não para de subir

Aumento do preço e reajustes constantes tem assustado quem precisa abastecer

Nunca foi tão caro abastecer no Brasil. Os valores que chegam a R$7,00 é o maior em 20 anos! Dessa forma, você deve estar se perguntando “por que o combustível está tão caro?”

Entenda hoje 06/11, os motivos desse aumento aqui no Valor Diário!

Está caro encher o tanque!

Uma junção de fatores contribuiu para o aumento exponencial do valor do combustível. Entenda quais são:

O motivo principal.

Ao contrário do que muita gente pensa, o ICMS não apresenta nenhum impacto sobre o preço dos combustíveis atualmente. Na realidade são 2 motivos principais.

Antes de tudo, o primeiro deles é o valor da cotação do petróleo. O Brasil calcula seu preço com base nessa cotação, e com valores 40% maiores do que o ano passado, influenciou diretamente no aumento dos combustíveis.

Além disso, o valor dessa cotação é medido em dólar. E com a alta dessa moeda e a desvalorização do real, o preço acompanhou a moeda americana e se elevou.

Combustível caro
Combustível caro? Saiba por que não para de subir. Foto: Pexels

Outros fatores associados ao fato do combustível estar caro

Com a provável aproximação do fim da pandemia, ocorreu a retomada de diversos setores no Brasil e no mundo.

Dessa forma, se elevou a procura pelo combustível, elevando-se também o seu preço. Quanto maior a procura, maior o preço.

Um outro ponto importante, é a incerteza da saúde mundial. A pandemia ainda não terminou totalmente, então a possibilidade de que tudo paralise novamente devido a variante Delta (o que levaria a queda do preço dos combustíveis), faz com que os valores fiquem maiores.

Entretanto, a cana-de-açúcar no Brasil está com a produção reduzida em comparação com o ano anterior. Isso fez com que o etanol que é misturado à gasolina também sofra um aumento.

Veja também: Reação à crise da pandemia? Desemprego cai para 13,2% no último trimestre.

CONTA DE LUZ mais cara: : veja aqui QUANTO VAI PAGAR a mais e as chances para SAIR DESSA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.