Crise energética fará a conta de luz ficar mais cara? Entenda aqui o que está acontecendo

A crise energética que o Brasil e o mundo vem enfrentando atualmente poder fazer as contas de luz continua altas

Franca, domingo, 29 de maio, por Sheila Sabatini –  A crise energética que o mundo vem passando pode fazer a conta de luz dos brasileiros continuar alta, mesmo com o fim das bandeiras tarifárias, pois com os estoques de combustíveis baixos e a guerra entre a Rússia e Ucrânia, os preços da energia elétrica continuarão aumentado em todo o mundo.

A página Valor Diário vai trazer para você hoje, de antemão, tudo sobre a crise energética que vem afetado todo o mundo, e pode fazer a conta de luz dos brasileiros continua cara mesmo com o fim das bandeiras tarifárias.

Leia também:JBS (JBSS3) dobra seu lucro; pagará dividendos de R$ 2,2 bilhões; confira valores e quando serão pagos

Crise energética fará a conta de luz ficar mais cara? Entenda aqui o que está acontecendo: Créditos de imagem pixabay
Crise energética fará a conta de luz ficar mais cara? Entenda aqui o que está acontecendo: Créditos de imagem pixabay

Crise energética

A chegada  do inverno na Europa, a guerra na Ucrânia e o aumento do petróleo no mundo, pode afetar o preço da conta de luz aqui no Brasil. Segundo, os especialistas a crise energética poderá ser agravada no segundo semestre desse ano.

Pois, com a guerra na Ucrânia a escalada no preço da energia  deverá contínua e com isso uma insegurança energética. Então, Rússia e Ucrânia são responsáveis por grandes exportações de energia para o mundo.

Dessa forma, a Europa deverá passar por uma crise energética com a chegada do inverno, já que seus estoques de combustíveis estão baixos.

Veja também: Como começar a investir com pouco dinheiro; é possível?

Crise energética no Brasil

No Brasil o principal motivo da crise energética é o fato do país está com seus reservatórios baixos. Diferente, dos países europeus onde a energia e proveniente de usinas no nuclear no Brasil a maior parte vem das hidrelétricas.

Porém, com o baixo período de chuvas que ocorreu em 2021, foi criando a bandeira de escassez hídrica nas contas de energia. Com isso a conta de luz ficou mais cara, agora em 2022 com o período de chuvas as bandeiras tarifárias não serão mais cobradas.

Mesmo assim a conta de luz pode continuar alta, pois mesmo com as chuvas as hidrelétricas ainda estarão fragilizadas. Desse modo, as termelétricas deverão continuar em operação, fazendo assim o custo da conta de luz continua alta. Ainda estimasse que as contas de luz venha a subir cerca de 19% no ano que vem.

Previsões para 2022

Para 2022 as previsões são delicadas com os níveis dos reservatórios ainda abaixo do nível ideal. Porém, com as previsões de chuvas não devem ocorrer apagões neste ano de 2022.

Caso as chuvas previstas não venham, 2022 seria tão ruim quanto 2021, ou até pior. Ao mesmo tempo, as previsões atuais de estagnação econômica, com baixa atividade, favorecem o quadro, já que o consumo de energia tende a se manter, ou até cair, como afirma a matéria do site CNN Brasil do dia 31 de janeiro de 2021. Por fim, no vídeo do canal Jornalismo TV Cultura, você poderá saber mais sobre crise energética.

Você também pode gostar: Como ganhar 300 reais todo o dia sem trabalhar; dica de como chegar a isso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.